Supremo Tribunal Federal decide que governos não podem cortar o ponto de servidores grevistas

02/11/2016

O Supremo Tribunal Federal decide que governos não podem cortar o ponto de servidores grevistas quando governo praticar ilícitos, a exemplo de atrasos de salários, ou não cumprimentos de Leis.

O Reajuste anual está previsto em Lei, ou seja, vamos fortalecer nossas mobilizações pois agora os governos tem que dar reajuste, o percentual é que vai depender do processo de negociação e da mobilização dos servidores.

Confira a outra parte da decisão do STF que garante o direito de greve aos servidores públicos e as mídias não querem enfatizar pois o momento do governo é para desmobilizar o servidor público: https://goo.gl/qx2zC0


Veja também

Ato político por 10% das receitas brutas da União para a Saú

Ato político por 10% das receitas brutas da União para a Saú

10/07/2013 - 10 DE JULHO: DIA NACIONAL DA MOBILIZAÇÃO PELA COLETA DE ASSINATURAS. Conselheira Nacional de Saúde, representante da FENAS participou intens...

FUNDAÇÃO DO SINDICATO DOS ASSISTENTES SOCIAIS DO MARANHÃO -

FUNDAÇÃO DO SINDICATO DOS ASSISTENTES SOCIAIS DO MARANHÃO -

25/01/2013 - A Comissão Pró-Fundação do Sindicato dos Assistentes Sociais do Estado do Maranhão chamou a Assembleia Geral de constituição, eleição e poss...

Comissão do CNS  - Conselho Nacional de Saúde

Comissão do CNS - Conselho Nacional de Saúde

19/07/2017 - A Federação Nacional dos Assistentes Sociais - FENAS, através de seu Vice-Presidente Anselmo Menezes de Oliveira, e Dir...

Audiência Pública 25.10

Audiência Pública 25.10

26/10/2016 - A Federação Nacional dos Assistentes Sociais vem através deste divulgar a Audiência Pública da Comiss&atil...

NewsLetter

Cadastre-se e receba informações exclusivas por e-mail