Supremo Tribunal Federal decide que governos não podem cortar o ponto de servidores grevistas

02/11/2016

O Supremo Tribunal Federal decide que governos não podem cortar o ponto de servidores grevistas quando governo praticar ilícitos, a exemplo de atrasos de salários, ou não cumprimentos de Leis.

O Reajuste anual está previsto em Lei, ou seja, vamos fortalecer nossas mobilizações pois agora os governos tem que dar reajuste, o percentual é que vai depender do processo de negociação e da mobilização dos servidores.

Confira a outra parte da decisão do STF que garante o direito de greve aos servidores públicos e as mídias não querem enfatizar pois o momento do governo é para desmobilizar o servidor público: https://goo.gl/qx2zC0


Veja também

Congresso de Serviço Social Internacional

Congresso de Serviço Social Internacional

24/02/2017 - A Federação Nacional dos Assistentes Sociais - Fenas solidária à Socutras vem através deste divulgar o Co...

NOTA DE REPÚDIO E INDIGNAÇÃO À 'CURA GAY'

NOTA DE REPÚDIO E INDIGNAÇÃO À 'CURA GAY'

20/09/2017 - A FENAS - Federação Nacional dos Assistentes Sociais repudia a decisão liminar proferida pelo Juiz Federal da 14ª ...

Mesa de Negociação realiza reunião no ABC Paulista

Mesa de Negociação realiza reunião no ABC Paulista

26/04/2013 - A 61ª Reunião Ordinária da Mesa Nacional de Negociação Permanente do SUS (MNNP-SUS) aconteceu nesta quarta-feira (24) na região do ABC Pauli...

Assistentes sociais participam do 1º Curso de Formação Político Sindical do Sindasse

Assistentes sociais participam do 1º Curso de Formação Político Sindical do Sindasse

23/05/2017 - Na útima sexta-feira, dia 19 de Maio de 2017 o Sindasse- Sindicato dos Assistentes Sociais de Sergipe, em atendimento a uma soli...

NewsLetter

Cadastre-se e receba informações exclusivas por e-mail