FNTSUAS chama os trabalhadores (as) para a GREVE GERAL

24/04/2017

GREVE GERAL!! VAMOS PARAR O BRASIL!

CHAMADO FNTSUAS DE INCORPORAÇÃO DAS TRABALHADORAS / TRABALHADORES NA GREVE GERAL EM 28/04/2017.

Abril Vermelho é o caminho da resistência rumo à Greve Geral.

O FNTSUAS conclama as Trabalhadoras e os Trabalhadores da Assistência Social, servidoras/es públicos, privados e filantrópicos para o "abril vermelho", que culminará na GREVE GERAL do dia 28 de abril, que será de intensa resistência ao golpe e aos ataques aos direitos da classe trabalhadora.

As trabalhadoras e trabalhadores do SUAS, unidas/os as suas entidades representativas e unificadas/os aos movimentos sociais articulados nas frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo devem realizar protestos e manifestações nas várias cidades do país, culminando com a GREVE GERAL, na sexta, dia 28/04/2017.

A GREVE GERAL deve denotar a insatisfação popular com as (contra) reformas da PREVIDÊNCIA SOCIAL E TRABALHISTA, além da terceirização perversa e sem limites aprovada recentemente por um “truque” da Câmara dos Deputados e sancionada pelo ilegítimo Michel Temer Golpista como um escárnio no dia de mobilização nacional 31/03/17.

Mas isso deve reforçar ainda mais a disposição de Luta das trabalhadoras e dos trabalhadores. Devemos rejeitar esse Desgoverno e suas reformas. Não permitir a retirada de nossos direitos.

Para as entidades que compõem o FNTSUAS, não deve haver nenhuma possibilidade de acordo com as propostas violadoras de Direitos Trabalhistas e Humanos. Devemos exigir a retirada total do projeto de DESMONTE DA PREVIDÊNCIA SOCIAL e reivindicar melhor fiscalização no recolhimento do tributo, cobrança dos devedores da Previdência Social– que hoje acumulam dívidas no montante de R$ 426 bilhões – e acabar com as isenções fiscais dadas a diversos setores.

Destacamos a necessidade e importância da mobilização e participação das mulheres nas atividades, marchas e outras ações para a GREVE GERAL, posto que são maioria como trabalhadoras no SUAS. Além disso, são as mulheres que sofrem diretamente com a sobreposição de jornadas devido as questões de não divisão do trabalho doméstico, mas especialmente para visibilizar as necessidades e aviltamentos que passam no mercado de trabalho e na vida sofrendo toda sorte de violências e assédios, além delas serem as mais prejudicadas na (contra) Reforma da Previdência Social.

Veja os impactos da chamada PEC da Morte:

  1. Restrição ao Benefício de Prestação Continuada (BPC) aos idosos e deficientes; (Veja manifesto CNAS https://goo.gl/fYl8Qr )
  2. Desmonte do Serviço Social do INSS (vai impedir idosos e deficientes se aposentarem);
  3. Incentivo à Previdência Privada (o mesmo que aconteceu com os Planos de Saúde);
  4. Fim da aposentadoria por tempo de contribuição: Homens e Mulheres irão se aposentar somente com 65 anos;
  5. Alteração e Redução (de até 50%) para pensões e aposentadorias;
  6. Para alguém se aposentar com o valor do seu último salário, terá que contribuir por 49 anos e teria que trabalhar desde os 16 anos de idade sem ficar desempregado;
  7. Proibição do acúmulo de benefícios como pensões e aposentadorias;
  8. Aumentam as exigências para uma pessoa inválida aposentar ou receber auxílio doença;
  9. Desvinculação do piso previdenciário do Salário Mínimo (vai achatar o valor dos benefícios);
  10. Fim da Carência Diferenciada para o trabalhador de baixa renda e donas de casa e aumento das exigências para os/as trabalhadores/as rurais;
  11. Aumento para 70 anos da idade para gozo do benefício assistencial do idoso, entre outros.

Diante da proposta de reforma da previdência, será o fim do direito à aposentadoria para as/os trabalhadoras/es da CLT, dos Servidores Públicos, privados, filantrópicos e da maioria da população, o que exige uma resposta da população brasileira nas ruas contra o Governo Golpista de Michel Temer.

VENHAM CONOSCO LUTAR PELA MANUTENÇÃO DOS DIREITOS DE APOSENTADORIA DA MAIORIA DA POPULAÇÃO.

 

APOIEM A LUTA EM SEUS ESTADOS E MUNICÍPIOS   SÓ A LUTA ASSEGURA DIREITOS!

https://www.facebook.com/fntsuas

 

Fonte: Blog FNTSUAS 


Veja também

Vote FENAS para gestão 2017-2019 do Conselho Municipal de Assistência Social - CMAS

Vote FENAS para gestão 2017-2019 do Conselho Municipal de Assistência Social - CMAS

28/09/2017 - A Federação Nacional dos Assistentes Sociais gostaria de contar com a participação e apoio de todos para as elei...

Projeto de Lei 3688/2000 é aprovado na Comissão de Educação

Projeto de Lei 3688/2000 é aprovado na Comissão de Educação

11/07/2013 - PL que prevê inserção de profissionais de Serviço Social e Psicologia nas redes públicas de educação básica é aprovado por unanimidadeO proj...

X Convenção Estadual de Solidariedade a Cuba - Rio 2017

X Convenção Estadual de Solidariedade a Cuba - Rio 2017

25/05/2017 - A Federação Nacional dos Assistente Sociais convida toda categoria para a X Convenção Estadual de Solidarie...

DEFINIDA PROGRAMAÇÃO DO V CONFENAS

DEFINIDA PROGRAMAÇÃO DO V CONFENAS

26/09/2015 - Participe você também do V Congresso da Federação Nacional dos Assistentes SociaisV CONFENAS 26 a 28 de Novembro de 2015 Brasília / DF “Desf...

NewsLetter

Cadastre-se e receba informações exclusivas por e-mail